adplus-dvertising

Como declarar recebimento de herança no Imposto de Renda 2021?

Índice

Como declarar recebimento de herança no Imposto de Renda 2021?

Como declarar recebimento de herança no Imposto de Renda 2021?

Na declaração do IR de 2021 têm de ser informados bens recebidos de processos de partilha terminados em 2020. Para fazer isso, o contribuinte precisa acessar a ficha “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis” e escolher o código “14 - Transferências patrimoniais - doações e heranças”.

Como declarar valor recebido em inventário?

O imóvel de herança representa uma doação do falecido aos herdeiros. Por isso, você deve informar o valor da sua parte na herança também na ficha "Rendimentos Isentos e Não Tributáveis", utilizando o código "14 - Transferências patrimoniais - doações e heranças".

Quando deve ser entregue a declaração final de inventário?

Após a finalização do processo de inventário, deve ser entregue uma declaração final de espólio, onde devem constar todos os herdeiros para os quais os bens foram destinados. No mesmo ano, os herdeiros podem finalmente declarar os bens recebidos seguindo os procedimentos padrão.

Qual a cobrança do imposto de renda sobre o inventário?

Não existe a cobrança de Imposto de Renda sobre os bens recebidos no inventário, o imposto cobrado é o ITCMD - Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação. Sobre os bens partilhados em um inventário, seja judicial ou extrajudicial, existe a cobrança de imposto de transmissão, ITCMD, na alíquota de 4% (quatro por cento).

Qual o valor de um bem vendido após o inventário?

Ocorre que, se esse herdeiro for vender esse imóvel após o inventário, será considerado para cálculo de imposto de renda pessoa física, o lucro obtido entre o valor que o bem ingressou no seu patrimônio, R$ 30.000,00, e o valor que o bem foi vendido, R$ 100.000,00, ou seja, será considerado o valor de R$ 70.000,00 como ganho de capital.

Qual o procedimento para realização de inventário?

Atualmente o procedimento para a realização de Inventário, seja Judicial ou Extrajudicial, está muito mais célere e fácil, mas isso não quer dizer que possa ser realizado de qualquer forma, sem conhecimento especializado ou planejamento, sob pena de impactar em altos custos aos herdeiros.

Postagens relacionadas: