adplus-dvertising

Como declarar resgate de VGBL por morte?

Índice

Como declarar resgate de VGBL por morte?

Como declarar resgate de VGBL por morte?

Como declarar resgate do VGBL no Imposto de Renda?

  1. a informação deve constar na aba “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica” se a sua tabela for de tributação progressiva;
  2. o dado deve ser declarado na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva”, caso a sua tabela seja de tributação regressiva.

Como lançar o resgate de previdência privada?

Para declarar as contribuições feitas no ano anterior, vá até a ficha “Pagamentos Efetuados” e escolha o item 36 – Previdência Complementar. Preencha os dados sobre Titular ou Dependente, e os demais campos de acordo com o informe enviado pelo fundo de pensão.

Quem pode ser o beneficiário do VGBL?

O beneficiário do VGBL até pode ser um terceiro, como um caseiro ou um cuidador, desde que o valor não ultrapasse metade do patrimônio disponível para a partilha.

Qual a vantagem da Previdência e do VGBL?

Outra vantagem da Previdência e do VGBL é a preparação para o futuro. Por ser um investimento de longo prazo, pode ser uma alternativa à aposentadoria social, garantindo maior qualidade de vida. Há, ainda, o benefício de contar com a gestão profissional, que é responsável por realizar os investimentos.

Como liberar os recursos após a morte do beneficiário?

Após a morte do beneficiário, o VGBL passa de previdência a uma espécie de seguro de vida. A seguradora deve liberar os recursos até 30 dias depois da entrega do atestado de óbito.

Qual a alíquota do resgate de planos de previdência privada VGBL?

A declaração dos resgates de planos de previdência privada VGBL depende do regime de tributação: progressivo ou regressivo. Quem opta pela tabela regressiva, terá alíquotas que variam de 35% a 10%, diminuindo com o tempo de acordo com o tempo que o dinheiro permaneceu investido.

Postagens relacionadas: