adplus-dvertising

Como declarar veículo adquirido em consórcio no Imposto de Renda?

Índice

Como declarar veículo adquirido em consórcio no Imposto de Renda?

Como declarar veículo adquirido em consórcio no Imposto de Renda?

Ainda que não tenha recebido a carta de crédito, todo consorciado precisa declarar a cota de consórcio que possui ao IR. Na ficha “bens e direitos”, com o código “95 – Consórcio não contemplado”, devem ser incluídas as parcelas pagas em 2020. Em seguida, informe todos os valores que pagou até o final de cada ano.

Como declarar carros quitado no Imposto de Renda 2021?

Quem tem um carro, moto ou qualquer outro veículo motorizado precisa informar essa propriedade na sua declaração de imposto de renda 2021. Neste caso, basta ir até a ficha de Bens e Direitos e clicar no código 21, que é referente a veículo automotor terrestre.

Como declarar o consórcio no imposto de renda?

Para declarar o seu consórcio no Imposto de Renda, é necessário ter em mãos todos os dados da administradora do consórcio, não somente os valores. Se você comprou um bem com a carta de crédito e mais um valor que tinha em mãos, tudo isso deve ser descrito na aba de “bens e direitos”. Vale lembrar que o consórcio não é despesa dedutível.

Quando deve ser entregue a declaração do imposto de renda 2019 à Receita Federal?

O envio da declaração do Imposto de Renda referente a 2019 à Receita Federal deve ser feito até o dia 30 de junho. O prazo inicial era no fim de abril, porém, houve o adiamento em função da crise do coronavírus. Com isso, a expectativa é de que 32 milhões de declarações sejam entregues até a data limite.

Por que o consórcio é dedutível?

Vale lembrar que o consórcio não é despesa dedutível. Alguns investimentos como previdência privada (PGBL), são dedutíveis, mas valor de consórcio entra apenas como “bens e direitos”. Basicamente o que difere uma situação da outra é o valor do lance.

Quais os novos adeptos do Brasil no imposto de renda?

Segundo a ABAC, o Brasil teve em 2018 mais de 2,6 milhões de novos adeptos, gerando mais de R$ 106,08 bilhões no mercado. Contudo, é preciso tem cautela. Existem duas situações que alteram a forma de declarar consórcio no Imposto de Renda: consórcio contemplado e consórcio que ainda não foi contemplado.

Postagens relacionadas: